RESENHA SHOWS & EVENTOS

O KoreaON acompanhou o show do EXO no México, saiba como foi!

As luzes se apagaram, acompanhadas de um fundo musical suave, e em um flash, o famoso “Careless, Careless” ecoava nas caixas de som.

Foto: Reprodução Dreammaker

27 de abril deste ano marca a carreira do EXO com o primeiro concerto realizado na América Latina, mais precisamente, o México!

O EXO PLANET #3 – The EXO’rDIUM realizou-se na Arena Ciudad de México, um espaço projetado para aproximadamente 24 mil pessoas, segundo estimativas, o show reuniu 22 mil fãs! Os ingressos da área VIP esgotaram em cerca de 10 minutos, e se antes pairavam dúvidas sobre a popularidade do EXO no México, o sucesso das vendas foi resposta suficiente. Além da pressão de “provar” que o grupo coreano poderia sim ter êxito ao realizar a tour no país, havia também a alta expectativa do público para a apresentação; no passado, o México recebeu eventos grandes e bem-sucedidos de KPOP como: Music Bank e KCON. Já a produtora Dilemma Conciertos tem no currículo a realização da tour MADE(Big Bang), aumentando as apostas para o EXO’rDIUM.

27 de Abril, Pré Show.


A equipe do local do show aparentemente não esperava um retorno tão grande para os artistas, se mostrando bastante despreparada para passar informações e auxiliarem os estrangeiros perdidos na bilheteria. Era sabido que aqueles com o ingresso da Área VIP teriam de retirar os ingressos no local e como benefício, entrariam primeiro na Arena; porém não havia sinalização para a concentração das zonas sem lugar marcado, os fãs acabaram ficando misturados, e algumas EXO-Ls tomaram para si o papel de “numerar” as pessoas, em uma tentativa de organizar a entrada e não prejudicar aqueles que estavam na espera desde cedo. A organização parecia ter medo da aglomeração e mal chegava perto, dificultando ainda mais o acesso às informações, alimentando a ansiedade e preocupação dos fãs com relação a entrega dos pacotes VIP e entrada efetiva na Arena. Este fato, porém, não desanimou as fanbases e fangroups na fila, foram entregues vários materiais para projetos ao longo do show, bem como cartazes, fanarts e materiais produzidos por fanbases para apoiar membros do EXO. O projeto de maior destaque foi a entrega de um mini-banner com a frase “Vocês são a luz estelar que ilumina o nosso caminho”, o qual deveria ser erguido após ser cantada em coro a faixa “For Life”.

image

Infelizmente, o caos da entrada não parou na concentração, já dentro da Arena Ciudad de México, a correria para tentar um bom lugar na pista acabou bagunçando os “números”, iniciando um empurra-empurra que acabou fazendo algumas pessoas passarem mal ou se separarem do grupo com o qual vieram. Mais uma vez, a equipe de segurança se mostrou despreparada para um público tão grande, ao ver o tumulto, eles apenas fizeram uma barreira no portão de acesso a parte do show, sem se preocupar muito com a situação caótica de potencial violento se formando ali. Após 1 hora de confusão, mais uma vez, algumas EXO-Ls tomaram a frente para organizar duas filas de acesso: uma pela escada rolante e outra pela escada normal. Era imprescindível que os fãs se acalmassem, pois o trajeto era íngreme e uma nova correria teria resultados catastróficos.

Quando pensamos que a partir dali seria mais tranquilo, nos deparamos com mais uma barreira de acesso: ao fim da escada havia uma bifurcação que levava a lados diferentes da Arena (os ingressos da área VIP eram divididos entre A e B); e mais uma vez, o despreparo da segurança casa impactou na experiência do público, nenhum dos staffs sabia informar para qual lado eram as zonas A ou B; as pessoas simplesmente corriam para onde gritavam a letra da área do ingresso. A esta altura, faltava apenas 1h para o show e o sentimento de impaciência imperava na (última) fila. Na última barreira, os ingressos foram todos recolhidos e substituídos por um carimbo no braço, cuja imagem era o Phineas, isso mesmo, do desenho Phineas e Pherb.

Depois da dor, a glória; tínhamos conseguido entrar na Arena com um bônus: estávamos colados na grade, a menos de 3m do EXO. Infelizmente, não era permitida a entrada com câmeras profissionais, porque haveria cobertura oficial do show.

image

 


The EXO’rDIUM 


Em questão de minutos, a Arena Ciudad de México foi tomada por um silver ocean, os fãs já estavam preparados para receber o EXO. O palco escolhido foi o em formato “T” com um afastamento da pista de aproximadamente 2m, o backdrop era composto por paneis de LED imensos, os quais possuíam sistema de abertura, revelando mais um painel fixo, fechando o “cenário” do palco; e nas laterais, pequenos telões expandiam a visão das áreas nos andares superiores. As caixas de som da Arena são afixadas ao teto, e por ser um local de pé direito alto, a proximidade do palco não atrapalhou nossa audição, não chegamos a ficar com aquela sensação de “ouvido abafado”.

O show começou no horário previsto, e assim que os telões se preencheram com o VCR de abertura o local eclodiu em gritos emocionados. As luzes se apagaram, acompanhadas de um fundo musical suave, e em um flash, o famoso “Careless, Careless” ecoava nas caixas de som; o telão então se abriu, revelando o EXO para a performance de MAMA (remix), com direito até a fogos de artifício!

O EXO’rDIUM Mexico não contou com a participação física de Lay, mas o integrante estava presente em todos os VCRs e não deixou de receber muito carinho dos fãs toda vez que aparecia no telão! O grupo trouxe uma performance ágil, com setlist repleto de remixes, usando e abusando de efeitos especiais como fogos de artifício, chamas, lançadores de confete e muitas animações “interativas” no telão, como foi o caso da performance de Wolf, entregando imagens de “encher os olhos” no momento da tão famosa “árvore da vida”. Foi também em Wolf, que o público ali mostrou a que veio, uivando a plenos pulmões e surpreendendo o EXO com um coro de “촉이 와” logo no início da faixa.

Após 3 músicas remixadas (MAMA, Monster e Wolf), chegava a hora do primeiro ment, o momento de interação com os fãs. Eles se apresentaram um a um e falaram um pouco de como era estar ali no México pela primeira vez, quais as expectativas para o show e o país… Um momento mais íntimo com os presentes. Sehun ficou impressionado com o volume dos gritos direcionados a ele durante sua apresentação; se fôssemos medir pela altura dos gritos a popularidade dos membros no México, diríamos que os campeões seriam: Sehun, Kyungsoo e Chanyeol.

Depois do ment, os meninos arrebataram os corações dos presentes com um seguimento mais “sensual” do show, performando White Noise, Thunder, Playboy e a tão esperada, Artificial Love; durante esta faixa, Jongin foi extremamente interativo com a área onde estávamos( a B), sorrindo muito, olhando para as câmeras dando piscadelas. Os fãs mal haviam recuperado o fôlego, quando Kai emendou seu solo de dança vendado, para alegria dos presentes.

Mais um VCR entrou no telão para abrir uma sessão mais leve, uma série de músicas em versão acústica, emocionando a todos ao repetirem o cover de “Sabor a Mi”, o público devolveu o carinho acompanhando bem alto a homenagem em espanhol. Ainda na fila, foram distribuídos banners que tinham a letra de Sabor a Mi no verso, não teve como não cantar junto.

Com o público ainda naquele clima comovido, um VCR com uma pegada de humor marcou a entrada da sessão mais “fofa” do show, com as músicas Heaven, Girl X Friend e 3.6.5. A atmosfera do concerto logo ganhou vida novamente com uma seleção mais poderosa iniciada por Overdose, finalizada com Lightsaber. Foi neste momento, durante a faixa Transformer que o público emocionou o EXO mais uma vez. Devido a uma falha técnica, a música parou deixando grande parte dos integrantes desnorteados, menos o líder, Suho, o qual continuou cantando acompanhado sem hesitações da plateia cantando com toda sua força. Para dar um tom menos sério para a pane, Joonmyun disse a nós que por sermos uma plateia “caliente” eles iriam recomeçar Transformer, que desta vez, seguiu sem maiores interferências.

Lembram de Wolf? Durante o penúltimo ment, o grupo comentou que achou o máximo o coro EXO-L para a canção e pediram para que “no 3” nós uivássemos bem alto, e o fizemos, divertindo os cantores.

image

Chegamos enfim à última parte do show, com músicas que provocavam a interação com os presentes, animando a todos que mesmo apertados contra a grade não continham os pulos, como se tivéssemos acabado de entrar na Arena.

Para acalmar a euforia, entrou um VCR ao som de Sing For You, retomando toda a emoção anterior enquanto lidávamos com o fato de que o concerto estava terminando.

Mais um ment breve, com sabor de despedida, antecedeu a última música da noite, Into Your World (Angel); finalizada por uma chuva de flores de papel, algo que conferiu um visual incrível e muito lindo ao palco. Estava encerrado o The EXO’rDIUM #3 em Mexico.

0 comentário em “O KoreaON acompanhou o show do EXO no México, saiba como foi!

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: